TELHADO VERDE

A decisão acerca do tipo de cobertura é fundamental para a durabilidade e estanqueidade das edificações. O ''chapéu'' de uma espaço construído deve ser largo e impermeável, por isso a importância dos beirais, que diminuem a incidência de chuva nas paredes, e do material a ser utilizado.


É importante refletirmos sobre as telhas vendidas como sustentáveis hoje no mercado, pois muitas delas têm um alto gasto energético para serem fabricadas, possuem materiais tóxicos em suas composições e uma péssima capacidade de isolamento térmico. O telhado verde, ao contrário da maioria das telhas, é uma das opções mais saudáveis e sustentáveis para serem utilizadas na construção, na nossa opinião.


Nós projetamos e executamos um telhado verde leve, que tem em sua composição maior quantidade de matéria seca em relação à terra, que é pesada e pode gerar necessidade de reforços estruturais. Plantamos plantas resistentes, como boldo e trapoeraba, para diminuir a necessidade de manutenção. Quando a caixaria que o sustenta já está pronta, conseguimos executá-lo em cerca de 2 ou 3 dias.


O telhado verde, além de ser esteticamente harmônico, favorece a bioclimática da edificação, já que possui uma boa inércia térmica. E ao adicionarmos uma camada de isolamento termo acústico em sua base, ele se torna ainda eficiente.
Executar o telhado verde também pode ser bem divertido!

Localização das obras: Nova Terra (Canela/RS), Casa do Pindó (Território Junana, Maquiné/RS), Sítio Bambuzal (Venâncio Aires/RS).

 
Sítio Bambuzal - Venâncio Aires
press to zoom
Sítio Bambuzal - Venâncio Aires
press to zoom
Nova Terra - Canela
press to zoom
Nova Terra - Canela
press to zoom
Nova Terra - Canela
press to zoom
Nova Terra - Canela
press to zoom
Território Junana - Maquiné
press to zoom
Território Junana - Maquiné
press to zoom
Sítio Pedagógico Paraíso - Santa Cruz do Sul
press to zoom
Sítio Pedagógico Paraíso - Santa Cruz do Sul
press to zoom
IFRS Campus Restinga - Porto ALegre
press to zoom